domingo, 27 de dezembro de 2009

Sobre hoje.

Tem um copo
em cima da mesa.
Tem um copo
que conta de ti.

Ele está todo bebido
não há café
nem leite
nem pó

Tem ainda,
em cima da mesa,
a minha duvida
sobre nós dois

Tem ainda
a vontade de pular
nos seus braços
de ouvir sua voz

Tem aqui ,
depois da mesa ,
na porta à direita,
seu cheiro no lençol

O que falta
é você.
inteiro , cortado,
do jeito que puder.

Você me falta
no olhar ,
na pele ,
no pelo.

Me falta
abrir a porta
pra você voltar.

Dominique Arantes

Um comentário:

Diogo Liberano disse...

então abre essa porta
que ela há de chover
a sua

aorta


bejo
amei
isso
doco
po..